Esportes

GP da Emilia-Romagna de F1 é interrompido após grave acidente


O Grande Prêmio da Emilia-Romagna foi interrompido por bandeira vermelha na volta 31 após um grave acidente envolvendo os pilotos Valtteri Bottas, da equipe Mercedes, e George Russell, da Williams, neste domingo, no circuito italiano de Ímola (Itália).

Na prova disputada em pista molhada, na tentativa de ultrapassar, Russell tocou o carro do vice-campeão mundial finlandês Bottas e os dois foram parar fora da pista, na Variante Tamburello.

Pouco antes, o piloto britânico Lewis Hamilton errou ao tentar passar um retardatário e acabou saindo da pista, danificando a asa dianteira de sua Mercedes. Mas a interrupção da corrida, com previsão de 63 voltas, acabou beneficiando o heptacampeão mundial, que voltou à prova largando na nona posição.

O britânico havia começado a corrida na pole position, mas foi ultrapassado pelo holandês Max Verstappen, da Red Bull, na primeira curva.

Antes da nova largada, realizada com os carros parados por conta da interrupção por bandeira vermelha, conforme estabelece o regulamento, Kimi Raikkonen, da Alfa Romeo, rodou sozinho na volta de aquecimento, assim como Verstappen, mas sem danos aos carros.

Além de Bottas e Russell, o outro piloto da Williams, Nicholas Latifi, já havia abandonado a prova na primeira volta.

ole/fbx/lca





Tópicos

auto auto-f1 F1 MOND