Mundo

Governo italiano desaconselha viagens ao exterior

SÃO PAULO, 26 OUT (ANSA) – O Ministério das Relações Exteriores da Itália recomendou nesta segunda-feira (26) que os habitantes do país evitem viagens ao exterior que não sejam por razões “estritamente necessárias”.   

Por meio de uma nota, a Farnesina alerta que, “dado o alto número de contágios em muitos países europeus, não é possível excluir futuras restrições aos deslocamentos que poderiam complicar eventuais retornos à Itália”.   

“Problemas análogos de repatriação poderiam se verificar, com incidência bem mais grave, em caso de viagens para destinos fora da União Europeia”, diz o Ministério das Relações Exteriores.   

A recomendação chega em meio à alta dos novos casos de coronavírus Sars-CoV-2 na UE, inclusive na Itália, que vem registrando recorde atrás de recorde nos contágios diários.   

Atualmente, o governo italiano proíbe a entrada de pessoas que tenham transitado por “países de risco” nas duas semanas anteriores à viagem, incluindo o Brasil. Até o momento, a Itália contabiliza 542.789 casos e 37.479 mortes na pandemia. (ANSA).   

Veja também

+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ 7 hábitos diários de quem atrai relacionamentos longos
+ Ana Maria Braga ensina receita de árvore de creme de avelã
+ Avião faz pouso noturno em rodovia nos Estados Unidos; veja o vídeo
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel