Brasil

Governo exonera delegada que integrou e deu o nome a Operação Lava-Jato

Crédito: Reprodução Adepol-Amazonas

Erika Mialik Marena (Crédito: Reprodução Adepol-Amazonas)

Erika Marena foi exonerada do cargo de diretora do Departamento de Recuperação de Ativos e Cooperação Jurídica Internacional da Secretaria Nacional de Justiça. A saída da delegada foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) nesta sexta-feira (26).

Exonerada pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça, a delegada integrou a força-tarefa da Lava-Jato e foi ela também quem escolheu o nome da Operação.

Marena tinha sido nomeada pelo ex-ministro Sergio Moro, ocupando anteriormente a superintendência da Polícia Federal em Sergipe.

Apesar de pouco conhecido do grande público, a função que Erika exercia é considerada estratégica. No cargo, ela estava responsável por recuperar de dinheiro desviado para fora do País e por parceria com outros países.

No histórico da delegada também consta a atuação na divisão de repressão a crimes financeiros em São Paulo e Curitiba, além da divisão de combate à corrupção e desvio de verbas públicas em Santa Catarina.


+ Grávida do quinto filho, influenciadora morre aos 36 anos
+ Após assassinar a esposa, marido usou cartão da vítima para fazer compras e viajar com amante

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Previsões de Nostradamus para 2021: Asteróide e ‘fim de todo o mundo’
+ 6 fotos em que o design de interiores do banheiro foi um fracasso total. Confira!
+ De biquíni verde cavado Lívia Andrade arranca elogios da web ao tomar banho de sol
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel