Ediçao Da Semana

Nº 2741 - 05/08/22 Leia mais

O líder do governo e relator da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) dos Precatórios no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), disse estar confiante na aprovação da medida com 14 ou 15 votos favoráveis no colegiado. O cálculo representa um placar apertado.

Se todos os 27 titulares votarem, por exemplo, são necessários no mínimo 14 votos a favor.

“São pequenos ajustes. O governo está confiante de que aprova o relatório na sessão logo mais com aproximadamente 14, 15 votos, e vamos pedir ao presidente Rodrigo Pacheco que paute a votação em plenário se possível ainda à tarde”, disse Bezerra, para quem o avanço das negociações pode antecipar o prazo citado na segunda-feira, 29, por Pacheco, de votar a PEC no plenário apenas na quinta-feira, 2.