Por Walmor Parente, subeditor da Coluna

Em meio ao contingenciamento de recursos para áreas como saúde e educação, o Governo brasileiro banca contas de organismos internacionais.

Foram quase R$ 90 milhões – em crédito extra aberto no orçamento deste ano – para contribuições ao Instituto Social do Mercosul, Fundo Internacional de Combate à Fome, entre outros.


Siga a IstoÉ no Google News e receba alertas sobre as principais notícias