Geral

Governo Biden rompe aliança mundial contra aborto apoiada por Bolsonaro

Crédito: AFP

O presidente Joe Biden se prepara para assinar uma série de decretos no Salão Oval da Casa Branca em Washington, em 20 de janeiro de 2021 (Crédito: AFP)

A posse de Joe Biden na presidência dos Estados Unidos mal aconteceu e já provocou mudanças importantes, como o rompimento de vetar temas importantes de saúde reprodutiva na Organização Mundial da Saúde (OMS). As informações são do Jamil Chade, do UOL.

O conselheiro médico da Casa Branca, Anthony Fauci, disse nesta quinta-feira (21) que o governo dos EUA vai abandonar uma agenda antiaborto, defendida pelo ex-presidente Donald Trump. A atitude representa o fim de uma aliança mundial ultraconservadora no mundo e que conta com apoio do governo de Jair Bolsonaro e de Viktor Orban, da Hungria.

Veja também

+ Aprenda a preparar o delicioso espaguete a carbonara
+ Vídeo: o passo a passo de como fazer ovo de Páscoa
+ Cientistas desvendam mistério das crateras gigantes da Sibéria
+ Sexo: saiba qual é a melhor posição de acordo com o seu signo
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Como fazer seu cabelo crescer mais rápido
+ Vem aí um novo megaiceberg da Antártida
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Os 4 signos mais psicopatas do zodíaco
+ Cataratas do Niágara congelam e as imagens são incríveis
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Editora estreia com o romance La Cucina, uma aventura gastronômia e erótica