Esportes

Governo Biden anuncia boicote diplomático aos Jogos de Pequim 2022

Crédito: AFP

Os Estados Unidos não vão enviar representantes aos Jogos Olímpicos de Inverno de 2022 em Pequim, na China. A justificativa usada pelo governo do presidente norte-americano, Joe Biden, são os abusos dos direitos humanos na cidade chinesa de Xinjiang.

O anúncio oficial foi feito nesta segunda-feira (6) pela secretária de imprensa da Casa Branca, Jen Psaki.

“A administração Biden não enviará nenhuma representação diplomática ou oficial aos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Pequim 2022 devido ao genocídio e aos crimes contra a humanidade da República Popular da China em curso em Xinjiang, além de outros abusos de direitos humanos. Os atletas do Team Usa (Time EUA) terão nosso total apoio. Estaremos torcendo 100% por eles da nossa casa. Não vamos contribuir para a fanfarra os Jogos”,  disse Psaki.

A secretária acrescentou afirmando que diante das “atrocidades”, os EUA não poderiam não poderiam fechar os olhos para os abusos dos direitos humanos.

Psaki ainda foi questionada sobre uma possível campanha ou busca para que outras nações também decidam boicotar os Jogos de Pequim. A secretária afirmou que a Casa Branca já informou seus aliados sobre a decisão, mas que “obviamente deixaremos que eles tomem suas próprias decisões”.


Saiba mais
+ IPVA 2022 SP: veja como consultar e pagar o imposto
+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comeu carne. Confira o resultado
+ Reencarnação na história: uma crença antiquíssima
+ SP: Homem morre em pé, encostado em carro, e cena assusta moradores no litoral
+ O que se sabe sobre a flurona?
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua