Por Walmor Parente, subeditor da Coluna

A base do Governo no Senado arquiteta uma jogada para evitar a derrubada do veto às emendas de comissão aos congressistas no valor de R$ 5,6 bilhões.

A articulação é para aprovar hoje o projeto de lei complementar (PLP 233/2023) e aumentar em R$ 15,7 bilhões o limite para despesas da União. Se aprovado, o Governo vai propor R$ 3,6 bilhões para compensar o corte de emenda