Economia

Governo apresenta amanhã Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2023


A Secretaria Especial do Tesouro e Orçamento do Ministério da Economia apresentará nesta quinta-feira, 14, às 15 horas (de Brasília), o Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (PLDO) de 2023. Como mostrou o Broadcast (sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado), a proposta deve prever uma expectativa de déficit fiscal de R$ 66 bilhões para 2023.

Participam da entrevista o secretário de Orçamento Federal, Ariosto Antunes Culau, o secretário especial do Tesouro e Orçamento, Esteves Colnago, e o secretário do Tesouro Nacional, Paulo Valle.

A operação-padrão dos funcionários da Secretaria de Orçamento Federal do Ministério da Economia impedirá ajustes de última hora no PDLO de 2023, como mostrou também o Broadcast. Isso porque a categoria cruzará os braços novamente nesta quinta-feira, 14.

O presidente da Associação Nacional dos Servidores da Carreira de Planejamento e Orçamento (Assecor), Márcio Gimene de Oliveira, confirmou que as paralisações da categoria não devem impactar a entrega do PLDO ao Congresso, mas alertou que o texto pode ficar prejudicado, entretanto, se alterações de última hora forem necessários. “Vamos avançar no processo de entrega coletiva de cargos comissionados. Caso o governo não atenda as reivindicações, vamos intensificar as paralisações. Isso poderá prejudicar a execução do orçamento de 2022 e o envio do Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) de 2023 ao Congresso”, disse.

O PLOA deve ser enviado ao parlamento até o dia 31 de agosto.