Mundo

Governadora de Michigan é criticada após polêmica envolvendo o marido

Governadora de Michigan é criticada após polêmica envolvendo o marido

A governadora do Michigan, Gretchen Whitmer, implementou algumas das regras mais rígidas para conter o coronavírus nos Estados Unidos - AFP/Arquivos

A governadora de Michigan, que implementou algumas das regras mais severas para conter o coronavírus nos Estados Unidos, sofreu fortes críticas nesta terça-feira (26) após relatos de que seu marido pressionou um cais para preparar seu barco para um passeio.

Gretchen Whitmer, uma democrata que defendeu suas duras políticas de isolamento social diante de manifestantes armados e de ataques do presidente Donald Trump, anunciou na semana passada o levantamento de algumas medidas antes do fim de semana prolongado do Memorial Day.

De acordo com uma reclamação postada no Facebook pelo proprietário da Northshore Docks, Tad Dowker, o marido de Whitmer, Marc Mallory, tentou usar sua posição para fazer com que seu barco ficasse à frente de outros, pronto para navegar no feriado.

“Eu sou o marido da governadora, isso fará alguma diferença?”, teria dito Mallory aos funcionários, segundo relatou Dowker em um post no Facebook que depois ficou inacessível.

O pedido não violou as políticas de segurança contra a COVID-19 para Michigan, duramente atingido pela pandemia, com mais de 33.000 casos e 5.241 mortes. Mas pareceu contrariar sua recomendação para que as pessoas celebrassem o feriado em seus locais de origem e evitassem viajar para locais turísticos, como a popular localidade de Traverse City, no Lago Michigan.

“Se você não mora nessas regiões… Por favor, pense muito antes de fazer uma viagem para lá”, disse Whitmer ao anunciar reaberturas no norte do estado em 18 de maio.

“Não vão todos a Traverse City”, alertou.

Mas o pedido do marido sugeriu que ele esperava ir especificamente para esse local: as docas de Northshore operam em Traverse City e Whitmer e Mallory têm uma casa de veraneio nas proximidades, de acordo com relatos da mídia.

A denúncia trouxe fortes críticas a Whitmer, que é considerada uma possível escolha para ser a vice do candidato presidencial democrata Joe Biden.

Em um post no Facebook, o senador do estado de Michigan, Tom Barrett, acusou o marido de Whitmer de abusar de sua posição.

“Líderes de verdade não furam a fila e não impõem suas próprias exigências aos outros”, escreveu ele.

Whitmer disse na terça-feira em uma coletiva de imprensa que seu marido tentou fazer uma piada mas não alcançou seu objetivo.

“Meu marido tentou fazer graça na semana passada com a pequena empresa que cuida do nosso barco”, disse ela.

“Ele achou que poderia provocar risos, mas não conseguiu. E, para ser sincera, eu também não ri quando a piada chegou até mim, porque sabia como seria interpretada”, disse ela.

Veja também

+ Entenda como a fase crítica da pandemia de Covid-19 pode ter sido superada em SP
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Ford Ranger supera concorrentes e é líder de vendas
+ Cantora Patricia Marx se assume lésbica aos 46 anos de idade
+ Saiba em quais lugares o contágio pelo novo coronavírus pode ser maior