Mundo

Governador do Texas diz que atirador anunciou ataque na web


NOVA YORK, 25 MAI (ANSA) – O governador do Texas, Greg Abbott, anunciou nesta quarta-feira (25) que o atirador de 18 anos responsável pelo massacre em uma escola infantil do estado divulgou que cometeria o crime em uma rede social minutos antes do tiroteio.   

O ataque foi cometido por Salvador Ramos, jovem de 18 anos que morreu no local do crime, e provocou a morte de 21 pessoas, incluindo 19 crianças e dois adultos.   

Em coletiva de imprensa, o governador local informou que o assassino, que não tinha antecedentes criminais nem problemas mentais conhecidos, usou um fuzil AR-15 e divulgou uma mensagem no Facebook cerca de 30 minutos antes de chegar à escola.   

“Estou prestes a atirar na minha avó”, publicou Ramos, que na sequência postou a mensagem de que já havia atirado. Logo depois, 15 minutos antes do massacre, ele divulgou que estava “prestes a atirar em uma escola primária”.   

De acordo com Abbott, Ramos atirou no rosto de sua avó e depois fugiu para a escola primária, onde entrou pela porta dos fundos.   

As autoridades americanas abriram uma investigação para apurar a motivação do crime, que ainda é desconhecida, e informaram que “todas as vítimas foram identificadas, todas as famílias foram informadas” e “nenhum dos 17 feridos corre risco de vida”.   

Segundo a polícia do Texas, “os agentes que intervêm na escola salvaram a vida de outras crianças”.   

O ataque já é considerado o mais mortal do país desde o tiroteio na escola Sandy Hook, em 2012, quando 20 crianças e seis adultos foram mortos a tiros.   

Durante a coletiva de imprensa, o governador do Texas, que é republicano e um notório defensor das armas de fogo, foi interrompido por Beto O’Rouke, candidato democrata ao governo do Texas.   

“O massacre na escola primária foi totalmente previsível”, disse O’Rourke, atacando Abbott. “Você não está fazendo nada”, acrescentou ele antes de ser retirado pela polícia. (ANSA)