O Google anunciou, nesta sexta-feira (24), que está tomando “medidas rápidas” para melhorar seus novos resultados de busca elaborados com inteligência artificial (IA) generativa, após usuários zombarem de erros como o de que Barack Obama foi o primeiro presidente muçulmano dos Estados Unidos.

Os usuários do Google recorreram às redes sociais para criticar as respostas errôneas geradas pelos “Resumos de IA” (“AI Overviews”, em inglês) a perguntas como se as pessoas deveriam comer pedras ou olhar para o sol, ou quantos presidentes muçulmanos os Estados Unidos já tiveram.

“Muitos dos exemplos que vimos eram consultas pouco comuns, e também vimos exemplos manipulados ou que não conseguimos reproduzir”, afirmou um porta-voz do Google em resposta a uma pergunta da AFP.

“Estamos tomando medidas rápidas quando apropriado em virtude de nossas políticas de conteúdo e usando esses exemplos para desenvolver melhorias mais amplas em nossos sistemas, algumas das quais já começaram a ser implementadas”, completou.

O exemplo de Obama apontado ao Google violava suas políticas e foi retirado, segundo o porta-voz.

Uma das respostas dos “Resumos de IA”, na qual se afirmava que adicionar cola não tóxica ao molho da pizza era uma forma de evitar que o queijo escorregasse, foi rastreada até a publicação de uma criança no Reddit, o que levou alguns usuários de redes sociais a se perguntarem se a IA era tão ingênua a ponto de acreditar em tudo que lê na internet.

Segundo o gigante do Vale do Silício, a imensa maioria das respostas elaboradas por sua IA fornece informações confiáveis e as barreiras de segurança integradas na tecnologia estão projetadas para evitar que apareçam conteúdos nocivos.

A recente introdução desses resumos do Google em seu motor de busca nos Estados Unidos foi uma das maiores mudanças desde sua criação. Em breve, será expandida para outros países.

A partir de seu lançamento, os tradicionais resultados de busca do Google começaram a mostrar um resumo elaborado pela IA na parte superior da página antes da exibição mais típica de links.

gc/st/db/arm/am/mvv

GOOGLE