ISTOÉ Gente

Google homenageia o pianista Manfredo Fest, um dos criadores da bossa nova

Google homenageia o pianista Manfredo Fest, um dos criadores da bossa nova

Google homenageia o pianista Manfredo Fest, um dos criadores da bossa nova. Foto: Google/divulgação

Manfredo Fest foi um pianista de jazz e bandleader cego que ajudou a criar o movimento da bossa nova brasileira. O Doodle de hoje comemora o 86º aniversário do músico.


+ Homem conhecido como ‘alien negro’ pretende dividir o pênis em dois
+ Vídeo: Após 13 anos, mulher retira implantes dos seios e se surpreende com estado das próteses
+ Decifrado código dos Manuscritos do Mar Morto


Fest nasceu no Brasil de pais que imigraram da Alemanha na década de 1920. Começou a estudar música clássica aos cinco anos de idade com seu pai, presidente do departamento de música da Universidade de Porto Alegre. Legalmente cego desde o nascimento, Fest aprendeu a ler música em braile e a tocar piano, teclado e saxofone.

Desenvolveu um forte interesse pelo jazz durante a faculdade, graduando-se em música pela Universidade do Rio Grande do Sul.

Ele passou o início de sua carreira musical tocando em bares e clubes de São Paulo e participou do movimento emergente da bossa nova no Brasil, um estilo de música onde o samba se funde com o jazz. Em 1963, Fest compôs e gravou seu primeiro álbum, Bossa Nova, Nova Bossa.

Alguns anos depois, mudou-se para Minneapolis, Minnesota e excursionou pelos Estados Unidos como arranjador e tecladista com a banda Brasil ’66 do compatriota Sergio Mendes.

Fest passou a trabalhar com uma variedade de grupos musicais notáveis, incluindo os Flecktones

+ A cada hora, Brasil registra 30 infrações de trânsito por uso do celular ao volante
Criança mais rica da África ganha Lamborghini de R$ 2 milhões aos 10 anos
+Descubra as tendências de cozinha que devemos deixar para trás em 2021

Fest lançou 19 álbuns ao longo de sua carreira, experimentando combinações de estilos brasileiros e americanos. As músicas do Fest – incluindo a joia do funk jazz de 1976, o brasileiro Dorian Dream – ainda são tocadas por músicos e grupos de jazz de todo o mundo.

Parabéns para um músico inovador, compositor e que encheu nossas vidas com todo aquele jazz.