Geral

Golpistas se passam por funcionários do Ministério da Saúde para novo golpe no WhatsApp

Golpistas se passam por funcionários do Ministério da Saúde para novo golpe no WhatsApp

Em novo golpe no WhatsApp, criminosos enviam mensagens para usuários se passando por funcionários do Ministério da Saúde. A conversa dos golpistas é que o contato é necessário para fazer um cadastro para vacinação contra a covid-19. O alerta foi dado esta semana por empresas de cibersegurança e as informações são do R7.

O objetivo do golpe é passar pela dupla autenticação do WhatsApp, recurso de segurança que tem a função de impedir que o usuário tenha sua conta roubada. Depois de falar com as vítimas, os criminosos tentam convencer o usuário a fornecer o código de seis dígitos enviado por SMS para “confirmar a realização da pesquisa”.


A Kaspersky descobriu o novo golpe e alerta os usuários. Segundo a empresa, os criminosos usam o recurso do WhatsApp pelo computador para aplicar o golpe. Se o usuário não tem a autenticação em dois fatores, a conta é imediatamente clonada. Se a proteção está ativada, a suposta pesquisa entra em contato novamente se passando pelo suporte do aplicativo de mensagens.

Por isso, aponta a Kaspersky, é fundamental ativar a dupla autenticação no WhatsApp. A empresa também explica que somente o WhatsApp pode dar uma solução definitiva para isso e acabar com os golpes envolvendo o roubo de contas.