Comportamento

Golfista argentino procurado pela Interpol é detido no Rio

Golfista argentino procurado pela Interpol é detido no Rio

O jogador de golfe argentino Ángel Cabrera, em 31 de julho de 2020 em Grand Blanc, Michigan - GETTY IMAGES NORTH AMERICA/AFP/Arquivos

O golfista argentino Ángel Cabrera, procurado pela Interpol desde setembro por acusações de violência de gênero, foi detido no Rio de Janeiro na quinta-feira (14) e será extraditado para seu país – informou a Polícia Federal (PF).

“El Pato” Cabrera, de 51 anos, vencedor do US Open-2007 e do Masters de Augusta-2009, foi detido na tarde de quinta-feira no bairro do Leblon, na Zona Sul carioca.

Em nota, a PF informou que o golfista é acusado pela Justiça argentina de ter cometido nos anos de 2016, 2018 e 2020, os crimes “de lesão corporal (…), furto, desobediência reiterada à autoridade e ameaças”, sem dar mais detalhes.

Segundo a PF, o jogador de golfe foi levado para a prisão, onde permanecerá até sua “extradição definitiva para a Argentina”, ainda sem data.

A Interpol emitiu um alerta vermelho no final de setembro para a captura internacional do jogador de golfe por um caso de violência de gênero contra sua ex-parceira, por não comparecer para testemunhar em 14 de agosto e por ter sido considerado foragido.


+ Rapper implanta diamante de R$ 128 milhões no rosto
+ PR: Jovem desaparecida é encontrada morta; namorado confessa crime
+ Galo bota ovos e surpreende moradores de Santa Catarina

O atleta foi visto nos Estados Unidos, onde participou de um campeonato em Ohio.

Seu processo corre desde dezembro de 2016, quando sua então companheira, Cecilia Torres Mana, com quem vivia em Villa Allende, na província de Córdoba, a cerca de 700 km de Buenos Aires, denunciou Cabrera por “maus-tratos e socos no rosto”, segundo seu advogado, Carlos Nayi.

Cecilia apresentou duas outras queixas em 2017 e 2018 por “ferimentos leves e ameaças”.

O jogador já havia sido denunciado anteriormente por outras duas ex-parceiras: a mãe de seus dois filhos e ex-esposa, Silvia Rivadero, por ameaças, assim como por Micaela Escudero, ex-namorada entre 2014 e 2016, por ameaças e coerção.

Veja também

+ Cientistas descobrem nova camada no interior da Terra
+ Aprenda 5 molhos fáceis para aproveitar o macarrão estocado
+ Aprenda a preparar o delicioso espaguete a carbonara
+ Vídeo: o passo a passo de como fazer ovo de Páscoa
+ Perlla mostra tatuagem ousada no bumbum
+ Cientistas desvendam mistério das crateras gigantes da Sibéria
+ Sexo: saiba qual é a melhor posição de acordo com o seu signo
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Como fazer seu cabelo crescer mais rápido
+ Vem aí um novo megaiceberg da Antártida
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Editora estreia com o romance La Cucina, uma aventura gastronômia e erótica