Esportes

Goleiro Marcelo Lomba só tem elogios para o setor defensivo do Internacional

Após 15 jogos disputados em 2020, o goleiro Marcelo Lomba só tem elogios para o setor defensivo do Internacional, que contou a participação de 14 jogadores escalados pelo técnico argentino Eduardo Coudet.

“O time tem, às vezes, mudanças por causa do calendário e da quantidade de jogos, e todo mundo tem dado respaldo. Esse bom desempenho não é de um ou outro que joga, mas sim de todos. A gente está se sentindo bastante confortável”, afirmou Lomba, que só foi vazado em sete oportunidades.

Por opção de Coudet, o Inter joga com quatro atletas na defesa. Heitor, Rodinei, Saravia e Edenilson atuaram na lateral-direita, enquanto Uendel, Moisés e Natanael se apresentaram pela esquerda. O miolo de zaga já foi formado por Victor Cuesta, Rodrigo Moledo, Bruno Fuchs, Roberto, Pedro Henrique, Zé Gabriel e Damián Musto.

Titular nas seis partidas do Inter na Libertadores deste ano, Marcelo Lomba, de 33 anos, ainda não sofreu gol na principal competição sul-americana. A série é a maior já registrada pelo clube no torneio. “A gente está bastante feliz com esses números da defesa, são de equipe que briga por título. É muito importante, principalmente quando você disputa torneios de mata-mata, duelos classificatórios, pois nos deixa mais perto da vitória.”

Mas o grupo defensivo mostra talento também para ajudar na frente. Dos 23 gols marcados pelo Inter no ano, sete contaram com os zagueiros ou laterais. Heitor (um gol), Rodrigo Moledo (gol e assistência), Moisés (duas assistências), Bruno Fuchs (assistência) e Saraiva (assistência).