Economia

Goldman Sachs prevê queda maior do PIB dos EUA em 2020, de 4,6%,contra 4,2% antes

O Goldman Sachs reviu ainda mais para baixo sua estimativa de retração da economia dos Estados Unidos em 2020, em virtude do aumento dos casos confirmados de covid-19 no país, que pode retardar a reabertura do comércio e o reaquecimento da economia. Em relatório de sábado, a instituição prevê recuo de 4,6% do Produto Interno Bruto (PIB) norte-americano neste ano, maior do que a projeção anterior, de queda de 4,2%. Em contrapartida, o banco acredita que a recuperação da economia norte-americana em 2021 pode ser entre 1 e 1,5 ponto maior, prevendo crescimento de 5,8% do PIB do país. Fonte: Dow Jones Newswires.

Veja também

+ Seu cabelo revela o que você come (e seu nível socioeconômico)

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Gésio Amadeu, o Chefe Chico de Chiquititas, morre após contrair Covid-19

+ Funcionário do Burger King é morto por causa de demora em pedido

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Bolsonaro veta indenização a profissionais de saúde incapacitados pela covid-19

+ Nascidos em maio recebem a 4ª parcela do auxílio na quarta-feira (05)

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

Tópicos

EUA Goldman Sachs PIB