Esportes

Golden State Warriors supera ‘montanha-russa emocional’ na NBA e vence os Celtics


Após superar Ray Allen e se tornar o maior pontuador de bolas de três da história da NBA, na última terça-feira, Stephen Curry entrou em quadra na noite desta sexta e marcou 30 pontos para ajudar o Golden State Warriors a vencer o Boston Celtics por 111 a 107. Apesar do recorde alcançado nesta semana, o ala-armador teve a animação substituída por preocupação diante do avanço da covid-19 entre atletas, por isso a comemoração da vitória teve o tom mais voltado ao alívio.

Em alerta com a pandemia, a NBA reforçou os protocolos de segurança e está barrando jogadores que testaram positivo ou que tiveram contato com pessoas contaminadas. Jordan Poole, um dos principais jogadores dos Warriors, entrou no protocolo e não pôde jogar em Boston. “Estamos saindo de um montanha-russa emocional, tem muita coisa acontecendo na liga. Você tenta não se distrair por todas as coisas que estão acontecendo fora dos vestiários”, comentou Curry.

Mesmo sem Poole, os Warriors fizeram um bom jogo. Com 27 pontos, seis rebotes e duas assistências, Andrew Wiggins comandou, ao lado de Curry, a vitória que deixa o time de San Francisco na liderança da Conferência Oeste. Em décimo lugar da Leste, os Celtics deram trabalho em uma ótima noite de Jayson Tatum, autor de 27 pontos, oito rebotes e cinco assistências. O time de Boston também teve desfalques em razão dos protocolos: Al Horford, Jabari Parker e Grant Williams.

OUTROS JOGOS – A situação, na verdade, atingiu muitos times. O Milwaukee Bucks, por exemplo, está sem a estrela Giannis Antetokounmpo e não conseguiu lidar bem com a ausência na rodada de sexta, quando perdeu por 116 a 112 para o New Orleans Pelicans, na prorrogação.

Jrue Holiday até fez sua parte, com 40 pontos, cinco rebotes e cinco assistências, mas não foi o suficiente para frear os Pelicans, comandados por Devonte Graham, que fez 26 pontos, pegou quatro rebotes e deu quatro assistências. Os Bucks estão na terceira colocação do Leste, enquanto os Pelicans ocupam apenas a 13ª colocação do Oeste

Outro time que perdeu jogadores importantes foi Los Angeles Lakers, derrotado por 110 a 92 pelo Minnesota Timberwolves, em Minneapolis. O protocolo deixou a equipe californiana sem seis jogadores, entre eles Russell Westbrook. Já os Timberwolves perderam Anthony Edwards.

Os desfalques, contudo, não foram usados como desculpa por LeBron James. “Dê os créditos a quem merece: o Minnesota fez um jogo incrível”, declarou o astro dos Lakers, sextos colocados na Conferência Oeste, na qual o adversário ocupa a nona posição.

Confira os resultado de sexta-feira:

Miami Heat 115 x 105 Orlando Magic

Atlanta Hawks 115 x 133 Denver Nuggets

Boston Celtics 107 x 11 Golden State Warriors

New Orlean Pelicans 116 x 112 Milwaukee Bucks

Utah Jazz 126 x 128 San Antonio Spurs

Minnesota Timberwolves 110 x 92 Los Angeles Lakers

Portland Trail Blazers 125 x 116 Charlotte Hornets

Sacramento Kings 105 x 124 Memphis Grizzlies