Geral

GO: Petista é preso após se negar a retirar faixa com ‘Fora Bolsonaro Genocida’

Crédito: Reprodução Instagram

Faixa pela qual professor foi preso (Crédito: Reprodução Instagram)


Professor da rede pública estadual de Goiás, Arquidones Bites Leão foi preso por policiais militar, na última segunda-feira (31), após não acatar a ordem dos PMs de retirar faixa do capô de carro. No material estendido no carro do secretário estadual do Partido dos Trabalhadores (PT) de Goiás continha a frase “Fora Bolsonaro Genocida”.

Ao G1, o irmão do secretário, Arquivaldo Bites Leão, disse que o professor foi detido em Trindade, em Goiás, e posteriormente prestou depoimento na sede da Polícia Federal em Goiânia e foi liberado. Para prender Arquidones, o PM usa a Lei de Segurança Nacional e alega calúnia contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Questionada, até o momento, a Polícia Militar não se posicionou sobre o caso.

Veja também
+ Em pose sexy, Cleo Pires afirma: "Amando essa minha bunda grande"
+ Viih Tube é elogiada por look transparente com fio-dental após ataque de haters
+ Corpo de jovem desaparecido é encontrado em caçamba de lixo
+ Vídeo: Apresentadora é arrastada por cachorro durante programa ao vivo
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Vídeo: família é flagrada colocando cabelo na comida para não pagar a conta
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Instituto Gabriel Medina fecha portas em Maresias
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio