Geral

GO: Ginecologista é preso suspeito de abusar de pacientes durante exames

Crédito: Reprodução/ Polícia Civil de Goiás

O médico ginecologista Nicodemus Júnior Estanislau Morais, de 41 anos, foi preso suspeito de abuso sexual contra três pacientes em Anápolis (GO). Segundo a Polícia Civil, o número de vítimas pode chegar a mais de vinte. As informações são do UOL.

Segundo os relatos, o médico, que também é obstetra, se aproveitava da realização de exames para “ter uma conduta não condizente com o momento”. Ele responderá por crime de violação sexual mediante fraude. Vítimas de cidades como Goiânia, Pirenópolis e Brasília já buscaram informações sobre como denunciar o ginecologista.


Segundo a Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam), ele já chegou a ser condenado em Brasília com modo de atuação parecido ao dos relatos das vítimas de Anápolis. Outro caso semelhante foi registrado no Paraná, no entanto acabou arquivado.

Em nota ao UOL, a defesa de Nicodemus diz que ainda não teve acesso à íntegra dos autos, mas afirmou que o médico “em nenhum momento realizou qualquer tipo de procedimento médico de cunho sexual”.