Geral

GO: Após ganhar ação judicial, advogada recebe PIX de R$ 101,4 mil por engano e devolve parte do valor

Crédito: Arquivo pessoal

A advogada Jéssica Martins Cortes, de 28 anos, recebeu duas transferências via PIX no total de R$ 101,4 mil por engano. Ela afirmou que esperava obter R$ 14 mil de uma empresa seguradora após ganhar a causa de uma cliente. Porém houve uma falha no pagamento do acordo judicial. Depois de esclarecer o ocorrido, ela devolveu uma parte do valor. O caso aconteceu na cidade de Anápolis (GO). As informações são do G1.

Em entrevista ao portal, a advogada relatou que a empresa tinha até o dia 22 de março deste ano para pagar o acordo judicial.


No dia 4 março, ela recebeu a primeira transferência no valor de R$ 100 mil. Como a quantia foi depositada em uma sexta-feira, e ela iria viajar no dia seguinte, resolveu esperar o contato da seguradora.

No dia 8 de março, ela recebeu a segunda transferência no valor de R$ 1.400.

“Estava esperando R$ 14 mil, mas quando recebi a notificação e apareceu o valor, eu olhei e falei: ‘Meu Deus, está errado’. Assustei. Abri o aplicativo e vi que era R$ 101,4 mil mesmo. Estava até com medo de andar com tanto dinheiro na conta”, disse Jéssica.

Ela entrou em contato com a seguradora imediatamente e informou sobre o engano cometido.

“Eu enviei um e-mail com todas as informações. Passaram mais alguns dias e nada de responder e eu precisava de um retorno, até porque eu precisava passar o dinheiro para a minha cliente e o prazo estava acabando. Daí, eles me responderam falando que realmente tinha sido um erro e me passaram a conta para eu fazer a devolução.”

“Eu devolvi R$ 87,4 mil, pois o restante foi abatido do acordo. Só consegui fazer a devolução para eles na quinta-feira passada (24), porque eu tive que alterar meu limite no banco para fazer essa transferência”, completou.

Após o retorno de uma parte do dinheiro, um funcionário da seguradora ligou para Jéssica e agradeceu pelo seu gesto de honestidade.