Televisão

Globo se defende de investigação da Receita: “Todas as contratações são legais”

Crédito: Divulgação

De acordo com informações do colunista Ricardo Feltrin, do UOL, a TV Globo resolveu se manifestar oficialmente sobre a investigação que a emissora e os artistas estão sofrendo por parte da Receita Federal. O motivo da investigação são os contratos de trabalho, por conta das várias trocas de CLT (Consolidação das Leis do Trabalho) para PJ (Pessoa Jurídica).

Neste mês de janeiro, 30 artistas foram autuados por fiscais da Receita. Os fiscais exigiram cópias dos contratos dos empregados como PJ. Eles tiveram apenas 20 dias para explicar porque são contratados dessa forma, e não como CLT. A Globo, por sua vez, afirma que: “Todas as contratações estão dentro da lei”.

Ainda segundo Feltrin, Reynaldo Giannechini e Deborah Secco estão entre os artistas investigados. O advogado deles, Leonardo Antonelli, diz que trata-se de retaliação política. “Desde os oito anos já fiz filmes, peças de teatro, novelas, publicidade e para fazer tudo isso não há outra maneira que não como pessoa jurídica”, afirmou Secco em entrevista a revista Veja.

Segundo Feltrin, a Globo parece ser a única emissora de TV investigada no momento. Fontes da Band, Rede TV e SBT disseram ao colunistas que suas emissoras não estão sob investigação da Receita por conta de contratos com artistas.