Esportes

Globo entra com recurso para impedir Flamengo de transmitir jogos do Carioca

Na véspera do jogo entre Rubro-Negro e Boavista, emissora recorreu contra o clube da Gávea para impedir transmissão - já agendada pela FLA TV, no YouTube, inclusive

Globo entra com recurso para impedir Flamengo de transmitir jogos do Carioca

Uma novela que ainda renderá diversos capítulos. Assim pode ser definido o imbróglio entre Flamengo e Rede Globo, que, nesta terça-feira, entrou com recurso para tentar mudar a decisão do juiz Ricardo Cyfer, da 10ª Vara Cível do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ) e que, na última segunda-feira, indeferiu o pedido de liminar da emissora e, consequentemente, manteve a posição da nova Medida Provisória (984), assinada pelo presidente Jair Bolsonaro. A informação inicial é do jornalista Venê Casagrande e foi confirmada pelo LANCE!.

A Globo, agora, aguarda uma apreciação por parte dos responsáveis em tempo hábil, a fim de evitar que o Fla transmita os jogos em que for mandante neste Campeonato Carioca – como o desta quarta-feira, diante do Boavista. O pedido foi protocolado, mas o clube segue confiante em mais uma vitória na Justiça.

Em fase de autuação, o processo tem como próximo passo um relator a ser sorteado e que decidirá, sozinho, o desfecho do caso.

Caso o Flamengo receba uma nova decisão positiva ou permaneça o cenário atual, a transmissão do jogo contra o Boavista será realizada através da FLA TV, com imagens e já agendada no YouTube para iniciar às 19h30 desta quarta.

Fla TV

Transmissão na FLA TV já está agendada (Foto: Reprodução / YouTube)

O Flamengo, que chegou a citar um “abuso” por parte da emissora ao apresentar os seus argumentos no caso, mira recordes nesta transmissão.

Veja também

+ Entenda como a fase crítica da pandemia de Covid-19 pode ter sido superada em SP
+ Ford Ranger supera concorrentes e é líder de vendas
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Cantora Patricia Marx se assume lésbica aos 46 anos de idade
+ Saiba em quais lugares o contágio pelo novo coronavírus pode ser maior