ISTOÉ Gente

Globo demite cinegrafista acusado de assédio

Crédito: Reprodução/Instagram

A Rede Globo demitiu na última sexta-feira (16) o cinegrafista Mikael Fox. O profissional, que estava na emissora há 15 anos, fazia parte da cobertura dos Jogos Olímpicos e estava no Japão. Fox foi chamado de volta ao Brasil após duas produtoras o acusarem e provarem internamente que foram vítimas de assédio praticado por ele.

De acordo com o Notícias da TV, a emissora confirmou a demissão. “Por decisão da Globo, que não foi tomada por nenhum profissional do time que está em Tóquio, o repórter cinematográfico Mikael Fox não faz mais parte do time de Esporte da empresa”, disse a emissora em nota.

A informação foi publicada inicialmente pela Veja Rio nesta segunda (19). As produtoras seguem em Tóquio para a cobertura da Olimpíada, que começa oficialmente na sexta (23).

Veja também
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+Deolane Bezerra, viúva de MC Kevin, revela que fez cirurgia na vagina
+ Vídeos mostram pessoas preparando saladas com Cheetos no TikTok
+ Instituto Gabriel Medina fecha portas em Maresias
+ Mãe encontra filho de 2 anos morto com bilhete ao lado ao chegar em casa
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago