Istoé em Tóquio

Glenda Kozlowski se revolta com notas para Medina: ‘Foi vergonhoso o que fizeram’; veja o vídeo

Crédito: Reprodução Twitter

Glenda Kozlowski (Crédito: Reprodução Twitter)


Assim como os internautas nas redes sociais, Glenda Kozlowski não segurou a indignação com as notas recebidas por Gabriel Medina na semifinal do surfe na Olimpíada de Tóquio. A ex-bodyboarder e tetracampeão mundial da modalidade considerou injusta as notas e chegou a dizer que Medina foi “Garfado” em seu stories no Instagram. “Eu faço questão de dizer, como jornalista, como bodyboarder, como tetracampeã mundial: tiraram as duas possibilidades de medalha do Gabriel Medina. Era para ter sido uma final brasileira [contra Italo Ferreira]”, disse Glenda à BandNews FM. “Foi vergonhoso o que fizeram com o Medina”, completou.

Entenda a polêmica

Durante a disputa de vaga para a final, o surfista da casa Kanoa Igarashi recebeu uma nota 9.33 após finalizar um aéreo, totalizando 17.0. Com isso, o japonês virou o confronto contra Medina que acabou somando apenas 16.76. A polêmica se deu em torno das notas dadas ao brasileiro, sobretudo na semi, contra o japonês Kanoa Igarashi. Nos últimos minutos, o anfitrião conectou um aéreo, tirou nota 9.33, somou o total de 17.0 e virou o duelo. Mesmo tentando até a última onda, o paulista ficou com 16.76 pontos e foi eliminado.

Após a conquista do ouro por Ítalo Ferreira, Glenda explicou ainda à BandNews que houve diferença no critério de julgamento dos juízes. “Na onda que fez passar o Gabriel, faltando seis minutos para terminar a bateria, um juiz deu 9,5, e teve juiz que deu 7,5. Olha a diferença! Não foi melhor que a do Gabriel. Eu analisei a manobra do Gabriel e do Igarashi. Aquela onda não merecia 9.33 jamais! Jogaram mesmo a nota para cima”, disse Glenda, que explica. “A diferença é que na onda do Gabriel, ele está mais em pé. Ele voou. O Igarashi fez o ‘grab’, segurou a prancha. Rodou e segurou, e o Gabriel foi com as mãos para cima”, comparou a jornalista.

Para piorar, Kozlowski criticou também a atuação dos juízes na disputa da medalha de bronze entre Medina e o australiano Owen Wright. De acordo com a jornalista, o “full rotation” do brasileiro, uma rotação completa, merecia mais que uma nota 5. “Ele [Medina] é um cara tão focado… Ficou triste, ficou um tempão no quarto, quieto, pensando na vida. Depois foi para a festa e estava bem. Está ótimo e mirando o Circuito Mundial”, concluiu.

Veja também
+Deolane Bezerra, viúva de MC Kevin, revela que fez cirurgia na vagina
+ Vídeos mostram pessoas preparando saladas com Cheetos no TikTok
+ Mulher e filho de Schumacher falam sobre saúde do ex-piloto
+ Carvão “gourmet” que não suja as mãos vira meme nas rede sociais; ouça
+ Mãe encontra filho de 2 anos morto com bilhete ao lado ao chegar em casa
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago