Brasil

Gleisi critica ‘espetáculo’ e ‘humilhação’ em prisão de Mantega em hospital

Crédito: Waldemir Barreto/Agência Senado

A senadora Gleisi Hoffman (Crédito: Waldemir Barreto/Agência Senado)

A senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) usou as redes sociais na manhã desta quinta-feira, 22, para criticar o que considera “espetáculo” e “humilhação” na prisão temporária do ex-ministro da Fazenda Guido Mantega, decretada na nova fase da Operação Lava Jato. “E não podia faltar o espetáculo e a humilhação, característicos de Moro e PF: retiram Guido do centro cirúrgico onde a mulher seria operada”, reclamou a petista, que também é investigada na operação e já teve o marido, o ex-ministro Paulo Bernardo, preso pela Lava Jato.

Mais


PF foca empresas ligadas a grupos estrangeiros que prestam serviços à Petrobras

Ex-ministro também é investigado pela Zelotes

Prisão de Mantega mostra que todos devem ser punidos, diz líder do PSDB no Senado

 

Em tom de ironia, Gleisi disse que prenderam Mantega porque ele iria “fugir” do hospital Albert Einstein.

O deputado Orlando Silva (PCdoB-SP), ex-ministro do governo Luiz Inácio Lula da Silva, também protestou via redes sociais contra a detenção de Mantega. Disse que ele tem endereço conhecido.

“Acionado, já colaborou com a Justiça. Prender no hospital parece abuso. Pra quem o conhece é chocante!”, criticou Orlando Silva.