Esportes

Ginasta russo que usou símbolo de guerra no peito não se desculpa pelo ato e afirma que faria de novo

Crédito: Reprodução/Twitter

O ginasta russo Ivan Kuliak, que se tornou alvo de investigação após utilizar um símbolo de guerra em seu collant durante uma competição no Catar, não se desculpou pela atitude e afirmou que se tiver outra oportunidade, ele repetirá o gesto. As informações são do UOL.

“Se houvesse uma segunda chance e eu tivesse a opção de sair com a letra ‘Z’ no peito ou não, faria o mesmo”, disse o atleta, em entrevista ao Russia Today.

“Eu vi isso em nossos militares e olhei o que esse símbolo significa. Acabou sendo ‘pela vitória’ e ‘pela paz’. Eu só queria mostrar minha posição. Como atleta, sempre vou lutar pela vitória e jogar pela paz”, acrescentou.

Ivan ganhou o bronze na final das barras paralelas no último sábado (05), durante uma etapa da Copa do Mundo de ginástica artística em Doha, no Qatar. Ao lado dele no pódio, o vencedor da medalha de ouro foi o ucraniano Illia Kovtun.