ISTOÉ Gente

Gilberto Barros é multado em R$ 32 mil por comentário homofóbico

Gilberto Barros é multado em R$ 32 mil por comentário homofóbico

O Governo de São Paulo multou o apresentador Gilberto Barros por causa de um comentário homofóbico feito durante o programa “Amigos do Leão”. O programa foi ao ar em seu canal no YouTube em setembro de 2020. A Secretaria de Estado da Justiça e da Cidadania de São Paulo fixou a multa em R$ 32 mil. As informações são da coluna de Monica Bergamo, da Folha de S.Paulo.

A decisão da pasta vinculada ao governo João Doria (PSDB) tem como base a lei estadual 10.948, promulgada em 2001, que prevê punição administrativa em casos de homofobia e transfobia. O comunicador, que apresentou defesa e ainda pode entrar com recurso, não se manifestou sobre o caso.


E prosseguiu: “Não tenho nada contra, mas eu também vomito. Eu sou gente, ainda mais vindo do interior. Hoje em dia, se quiser fazer na minha frente, faz. Apanha os dois, mas faz”.