Economia

GetNet anuncia intenção de cancelar registro de capital aberto na B3 e Nasdaq

A acionista controladora direta da GetNet e subsidiária do Santander, PagoNxt, anunciou nesta sexta-feira, 20, a intenção de realizar uma oferta pública de cancelamento de registro no Brasil e uma de deslistagem na bolsa americana Nasdaq. O motivo não foi especificado pela companhia no documento enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

O preço a ser ofertado será de R$ 2,36 por ação ordinária (GETT3), R$ 2,36 por ações preferenciais (GETT4) e R$ 4,72 por Unit, pacote de ações ordinárias e preferenciais.


A empresa destaca o preço é o mesmo que o resultante do leilão de abertura para o início da negociação dos valores mobiliários da GetNet, em 18 de outubro de 2021. A adquirente foi listada em bolsa com um valor de mercado próximo a R$ 7,3 bilhões.

A companhia informa ainda que será convocada uma Assembleia Geral Extraordinária para discutir o cancelamento de registro de companhia aberta. Além disso, irá convocar nos próximos dias, uma reunião do conselho de administração para deliberar sobre a escolha da instituição responsável por elaborar o laudo de avaliação.

Reação na bolsa

A intenção de fechar o capital da Getnet impulsionou a liquidez das ações da adquirente na B3. Na manhã desta sexta-feira, as Units da empresa já tiveram giro de R$ 4,2 milhões, mais que o dobro da média dos últimos 30 dias.

Para tirar a companhia da Bolsa, a PagoNxt ofereceu um prêmio de cerca de 30% sobre o fechamento da ação no pregão de ontem. É comum que, após anúncios de ofertas públicas de aquisição (OPAs), os preços do ativo subam consideravelmente, em uma tentativa do mercado de arbitrar preços. Na manhã desta sexta, as ações da empresa subiram mais de 20% na B3.

Como mostrou na quinta-feira, 19, o Broadcast (sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado), os espanhóis consideraram que a saída da Getnet do mercado acionário é uma forma de simplificar a gestão da companhia.