Esportes

Geromel critica arbitragem após derrota do Grêmio: ‘Precisa ser igual para todos’

Com um pênalti polêmico, convertido por Gabriel, o Grêmio voltou a perder neste domingo para o Flamengo em 2019 – 1 a 0, na Arena do Grêmio, pela 33.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Nos quatro confrontos entre eles, foram três derrotas e apenas um empate. O zagueiro Pedro Geromel desabafou sobre a arbitragem confusa do paulista Raphael Claus, que também deixou de dar uma penalidade, em lance semelhante, desta vez com Renê.

“Mais uma vez o jogo foi decidido em um lance de interpretação. O campeonato está acabando, então esperamos que para o ano que vem a arbitragem chegue em um acordo para ser igual para todos. Não adianta virem explicar uma coisa e em campo fazerem outra”, afirmou o defensor, que também analisou o futebol apresentado pelo Grêmio.

“O resultado não foi o que queríamos. Não tivemos calma no último passe para acertar o gol e sair com a vitória. Tivemos um bom volume de jogo, mas não conseguimos concluir”, completou.

Já o volante Maicon optou por não comentar sobre a arbitragem. “Difícil falar da arbitragem. Foi um jogo bom. Infelizmente não conseguimos a vitória. Agora é trabalhar durante a semana para enfrentar o Palmeiras, no próximo final de semana”, disse.

O atacante Everton, jogador que criou as principais jogadas do Grêmio na partida, apenas lamentou a derrota. “Jogamos bem, criamos, mas não conseguimos concluir com muito perigo. Precisamos levantar a cabeça, porque teremos mais uma batalha pela frente”, concluiu.

Com a derrota, o Grêmio viu o Flamengo quebrar um tabu de 25 anos. A última vitória da equipe carioca em Porto Alegre, em jogos do Brasileirão, foi em 1994, quando perdeu por 1 a 0, com gol marcado por Nélio.

Apesar do revés, o time gaúcho segue na quarta colocação com 56 pontos.