Geral

Gerente de banco é indiciada por furtar R$ 1,2 milhão de idosa e viajar para a Disney

Gerente de banco é indiciada por furtar R$ 1,2 milhão de idosa e viajar para a Disney

AFP/Arquivos

Uma gerente de 40 anos foi indiciada por furto qualificado ao pegar R$ 1,2 milhão da conta de uma idosa de 88 anos em Campo Grande (MS) e levar a família para a Disney. A polícia acredita que a viagem foi paga com este dinheiro, além de contas pessoas e terrenos em um condomínio de luxo da cidade. As informações são do G1.

“Os familiares não sabiam do golpe que ela aplicava, inclusive o marido está bastante abalado. Ela usou de diversos artifícios, como a conta de terceiros, para pagar as próprias contas. Não houve nenhum desvio direto para a conta dela. Embora ela ocupasse um cargo bem remunerado, viu a oportunidade de ganhar um dinheiro”, disse Fábio Brandalise, delegado responsável pelo caso, ao G1.

A polícia iniciou a apuração do caso em junho deste ano, quando buscas apuraram que a gerente fazia desvios desde o início do ano. Familiares da idosa perceberam as movimentações atípicas e fizeram uma denúncia.

A gerente e uma mulher de 59 anos, governanta da idosa, furtaram R$ 1,2 milhão, de acordo com a Delegacia Especializada de Roubos e Furtos. A idosa sofre de Alzheimer, está com a saúde mental fragilizada.