Ediçao Da Semana

Nº 2742 - 12/08/22 Leia mais

Diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Kristalina Georgieva considerou que há “riscos significativos” de baixa para a economia dos Estados Unidos. Para 2023, os riscos à economia americana são “particularmente pronunciados”, afirmou ainda, durante entrevista coletiva hoje, após o FMI divulgar avaliação sobre o país, no âmbito do Artigo IV de seu regimento.

Georgieva destacou o quadro inflacionário e disse ser “crucial” controlar a trajetória dos preços, neste momento. “Alguma dor pode ser necessária” nesse processo, admitiu. Segundo ela, em conversas com autoridades, o tema foi discutido. A diretora-gerente do FMI disse que discutiu com a secretária do Tesouro americano, Janet Yellen, meios para conter preços de energia.

Em outro momento da coletiva, ela disse que, no atual contexto global, mesmo uma ajuda “marginal” para reduzir a inflação é algo bem-vindo. Georgieva ainda alertou para o risco de que a situação global de alimentos possa “piorar”, no próximo ano.