Ediçao Da Semana

Nº 2743 - 19/08/22 Leia mais

Paulo Coelho criticou o presidente Jair Bolsonaro e afirmou que o político está se “enfraquecendo” no cargo. O escritor não acredita em impeachment, mas deixou sua opinião bem clara no Twitter.

Graciele Lacerda mostra tatuagem homenageando Zezé Di Camargo

Record decide afastar Eliana e funcionários que tiveram contato com Rodrigo Faro

“É um erro gastar energia nisso, quando vemos que o genocida está sangrando aos poucos – o que é muito melhor”, escreveu na rede social. “Cada vez que o genocida abre a boca, perde eleitores. É o chamado Impeachement Oral”, continuou.

Alguns seguidores questionaram Paulo, dizendo que desistir do impeachment é omitir-se. O escritos discorda. “Se não for impichado [sic], vai se fortalecer”, declarou. Coelho apagou os tweets falando sobre Bolsonaro logo após publicá-los.

Veja a sequência: