Economia

Gasolina e luz desaceleram, mas ainda pressionam inflação pelo IPC-C1, diz FGV

Embora tenham subido menos que no mês anterior, a gasolina e a conta de luz ainda foram os itens que mais pressionaram o Índice de Preços ao Consumidor – Classe 1 (IPC-C1) em agosto, segundo dados divulgados pela Fundação Getulio Vargas (FGV). O IPC-C1 saiu de um aumento de 0,50% em julho para um avanço de 0,55% em agosto.

Quatro das oito classes de despesa registraram taxas de variação mais elevadas na passagem de julho para agosto: Alimentação (de 0,13% em julho para 0,76% em agosto), Educação, Leitura e Recreação (de -0,61% para 0,09%), Despesas Diversas (de 0,25% para 0,58%) e Saúde e Cuidados Pessoais (de 0,54% para 0,61%). Houve influência dos itens hortaliças e legumes (de -12,48% para -7,55%), cursos formais (de -1,55% para -0,17%), serviços bancários (de 0,22% para 0,81%) e artigos de higiene e cuidado pessoal (de 0,52% para 1,00%).

Na direção oposta, as taxas foram mais baixas nos grupos Transportes (de 1,12% para 0,68%), Habitação (de 0,90% para 0,61%), Comunicação (de 0,40% para 0,12%) e Vestuário (de -0,25% para -0,42%). Os destaques foram os itens gasolina (de 3,73% para 2,68%), tarifa de eletricidade residencial (de 2,33% para 1,00%), mensalidade para TV por assinatura (de 1,59% para 0,44%) e roupas (de -0,40% para -0,54%).

Veja também

+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

Tópicos

agosto FGV grupos IPC-C1