Esportes

Gareca exalta calma do Peru e atuação da dupla Farfán e Guerrero

A vitória de virada sobre a Bolívia, por 3 a 1, encaminhou a classificação do Peru às quartas de final da Copa América, e ao mesmo tempo serviu para o técnico Ricardo Gareca exaltar a “segurança” apresentada pela equipe na noite desta terça-feira. Na avaliação do treinador, a seleção peruana não se deixou abalar pelo gol sofrido no primeiro tempo e soube construir a vitória com maturidade.

“Custou um pouco nos encontrarmos no primeiro tempo, porque a Bolívia se fechava bem. O primeiro tempo nos custou bastante. Mas o mais importante é que mantivemos a calma”, disse Gareca, logo após a partida no Maracanã. “Nunca os vi com medo, são jogadores muito seguros, com muita personalidade. Os jogos são difíceis, e nosso mérito foi estar atrás e ter a calma de ir buscar o resultado.”

Ricardo Gareca também exaltou sua dupla de ataque, Farfán e Guerrero. Cada um marcou um gol, e o atacante do Internacional ainda deu a assistência para o companheiro. “Vi Guerrero e Farfán muito dentro do jogo. Às vezes as coisas não dão certo, mas se conectaram com Cueva, com Paolo… Por momentos, triangularam bem”, pontuou Gareca.

O Peru encerra sua participação na primeira fase no próximo sábado, em partida com o Brasil, na Arena Corinthians, no sábado. E Gareca não quis antecipar como pretende montar o time. “É difícil dizer agora como vamos programar a equipe. O Brasil com o Tite tem grande volume de jogo, conhecemos bem os brasileiros”, desconversou.