Cultura

“Game of Thrones” bate recorde histórico ao levar o Emmy de melhor drama

“Game of Thrones” bate recorde histórico ao levar o Emmy de melhor drama

(E-D) Atores Kit Harington, Maisie Williams, Rose Leslie, Natalie Dormer, Sophie Turner e John Bradley em exposição do "Game Of Thrones" em 27 de março de 2013 em Nova York - Getty/AFP/Arquivos

As séries “Game of Thrones” e “Veep” foram as vencedoras nas principais categorias, dramática e cômica, respectivamente, na cerimônia de entrega da 68ª. edição do Prêmio Emmy, realizada na noite deste domingo no Microsoft Theatre, em Los Angeles.

Mas o drama épico e o carro-chefe da HBO bateu um novo recorde ao se transformar na série mais premiada da história do Emmy, superando os 37 prêmios da sitcom “Frasier”.

A saga baseada nos romances de George R.R. Martin levou o prêmio de melhor série dramática, melhor direção, roteiro e efeitos especiais, apesar de seus astros Peter Dinklage e Kit Harington terem ficado de fora do prêmio de melhor ator coadjuvante.

Com seus 38 Emmys no total, “Game of Throne” é agora a série de ficção mais premiada pelo chamado Oscar da TV americana.

No entanto, o recorde em todas as categorias, incluindo programas de não ficção, continua nas mãos do longevo humorístico “Saturday Night Live”, com 45 estatuetas.

A HBO também viu sua comédia “Veep” mais uma vez reconhecida como a melhor série dessa categoria. Sua protagonista, Julia Louis-Dreyfus, também ganhou seu quinto Emmy consecutivo.

O show de entrega dos prêmios, marcadamente de cunho político, teve a apresentação do comediante Jimmy Kimmel, que conduziu a festa pela segunda vez.

A seguir, os principais vencedores da noite:

Melhor série dramática:

“Game of thrones”

Melhor ator de série dramática:

Rami Malek, de “Mr. Robot”

Melhor atriz de série dramática:

Tatiana Maslany, de “Orphan Black”

Melhor ator coadjuvante em série dramática:

Ben Mendelsohn, de “Bloodline”

Melhor atriz coadjuvante em série dramática:

Maggie Smith, de “Downton Abbey”

Melhor série cômica:

“Veep”

Melhor ator de série cômica:

Jeffrey Tambor, de “Transparent”

Melhor atriz em série cômica:

Julia Louis-Dreyfus, de “Veep”

Melhor ator coadjuvante em série cômica:

Louie Anderson, de “Baskets”

Melhor atriz coadjuvante em série cômica:

Kate McKinnon, de “Saturday Night Live”

Minissérie:

“The People vs. O.J. Simpson: American Crime Story”

Filme para TV:

“Sherlock: The Abominable Bride”

Melhor ator em minissérie ou filme para TV:

Courtney B. Vance, de “The People v. O.J. Simpson: American Crime Story”

Melhor atriz em minissérie ou filme para TV:

Sarah Paulson, de “The People v. O.J. Simpson: American Crime Story”

Melhor ator coadjuvante em minissérie ou filme para TV:

Sterling K. Brown, de “The People v. O.J.

Melhor atriz coadjuvante em minissérie ou filme para TV

Regina King, de “American Crime”

Reality show:

“The Voice”

Variedades:

“Last Week Tonight with John Oliver

Veja também

+ Cantora MC Venenosa morre aos 32 anos e família pede ajuda para realizar velório
+ Homem salva cachorro da boca de crocodilo na Flórida
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel