Esportes

Gabriel Martinelli estende contrato com o Arsenal por mais quatro temporadas

O atacante Gabriel Martinelli anunciou, nesta sexta-feira, a extensão de seu contrato com o Arsenal. Segundo meios de comunicação da Inglaterra, o brasileiro, de 19 anos, vai permanecer no time de Londres por mais quatro temporadas.

“Estou muito feliz e comprometido nos próximos anos com este grande clube. Gostaria de agradecer ao Arsenal e a todos os torcedores por este ano fantástico. Espero ser o primeiro ano de muitos e mal posso esperar para poder voltar a jogar nas próximas temporadas que estão por vir”, escreveu o jogador em suas redes sociais.

No fim de junho, o atacante, que disputou 26 partidas e marcou dez gols em seu primeiro ano pela equipe, sofreu uma lesão no joelho esquerdo e teve ser submetido a uma artroscopia. Ele está fora do restante da temporada.

O técnico Mikel Arteta comemorou a renovação do contrato. “Estou muito feliz que Gabi tenha assinado um novo contrato conosco. Ele é um jovem jogador muito talentoso e nos impressionou com suas atuações, sua atitude e trabalho. Estamos ansiosos para tê-lo de volta em sua melhor forma e vê-lo se desenvolver no clube.”

Gabriel, contratado do Ituano, citou no post uma frase do ex-zagueiro Tony Adams, que atuou pelo Arsenal de 1983 por 2002: “Jogue pelo nome que está na frente da camisa e eles vão se lembrar do nome que está atrás”.

Veja também

+ Confira 4 dicas para descobrir se o mel é falsificado

+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"

+ MG: Pastor é preso por crime sexual e alega que caiu em tentação

+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por desconto de até 50% na parcela

+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

+Vídeo mostra puma perseguindo um corredor em trilha nos EUA

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar