Esportes

Gabriel Bandeira crava 54s18 e bate recorde mundial nos 100m borboleta

Gabriel Bandeira, nadador da classe S14 (para deficientes intelectuais), estabeleceu o novo recorde mundial nos 100m borboleta durante o Campeonato Brasileiro Loterias Caixa de natação, realizado nesta sexta-feira, no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo.

O atleta de 22 anos completou a prova em 54s18 e liquidou o recorde do britânico Reece Duun, de 54s46, obtido no Mundial de Natação de Londres, em setembro de 2019. O feito animou Gabriel, que foi convocado para representar o Brasil no Mundial da modalidade, entre os dias 12 e 18 de junho, na Ilha da Madeira, em Portugal.


“Esse recorde só me anima mais para o Mundial, que é daqui a um mês apenas. Estamos com um ritmo muito forte nos treinos, eu não contava em bater esse recorde agora no Brasileiro, estava preparando para o Mundial. Já perseguia esse recorde há um ano e agora veio”, disse Gabriel.

Na carreira, Gabriel Bandeira coleciona grandes conquistas. Nos Jogos Paralímpicos de Tóquio, realizados no ano passado, na mesma categoria em que agora possui o recorde, faturou uma medalha de ouro, duas pratas e uma de bronze. No Campeonato Brasileiro Loterias Caixa, encerrado nesta sexta-feira, Bill, como é conhecido, ganhou cinco medalhas de ouro e uma de prata.

Esperança do Brasil no Mundial, Gabriel compete no esporte paralímpico desde 2020 e coleciona participações em competições internacionais. Até os 11 anos, ele competia na natação convencional, mas após apresentar dificuldades de evolução nos treinamentos, passou por testes, que confirmaram uma deficiência intelectual.