Mundo

G7 mobiliza US$19,8 bi para Ucrânia e está disposto a mais apoio se necessário

G7 mobiliza US$19,8 bi para Ucrânia e está disposto a mais apoio se necessário

Autoridades do G7 posam para foto durante encontro do grupo em Koenigswinter, na Alemanha

KOENIGSWINTER, Alemanha (Reuters) – Ministros das Finanças e presidentes de bancos centrais do Grupo dos Sete disseram nesta sexta-feira que mobilizaram 19,8 bilhões de dólares para a Ucrânia e prometeram dar mais apoio financeiro se necessário.

Os líderes financeiros de Estados Unidos, Canadá, Japão, Alemanha, França, Itália e Reino Unido –o G7– se reuniram na Alemanha para financiar Kiev, que luta contra a invasão da Rússia e está ficando sem dinheiro.


“Em 2022, mobilizamos 19,8 bilhões de dólares em apoio orçamentário, incluindo 9,5 bilhões de dólares em compromissos recentes… para ajudar a Ucrânia a fechar sua lacuna de financiamento e continuar garantindo a prestação de serviços básicos ao povo ucraniano”, disse o G7 em comunicado.

“Além disso, saudamos o trabalho em andamento no G7 e nas instituições financeiras internacionais por mais financiamento substancial para a Ucrânia, incluindo a proposta da Comissão Europeia de até 9 bilhões de euros de assistência macrofinanceira adicional.”

“O apoio adicional planejado às empresas estatais ucranianas e ao setor privado por meio do Banco Europeu de Reconstrução e Desenvolvimento e da Corporação Financeira Internacional totaliza 3,4 bilhões de dólares”, acrescentou o comunicado.

“Continuaremos a apoiar a Ucrânia durante esta guerra e além e estamos preparados para fazer mais conforme necessário”, disse o G7.

(Reportagem de Jan Srupczewski)

tagreuters.com2022binary_LYNXNPEI4J0LF-BASEIMAGE