Brasil

Fux atuou para Pacheco instalar CPI da Covid antes de liminar do STF, diz jornal

Crédito:  Pedro Ladeira

Antes do ministro do STF Luís Roberto Barroso determinar nesta quinta-feira (8) que o Senado instale a CPI da Covid-19, ministros da Corte demonstraram insatisfação em ter que tomar uma atitude no lugar do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM).

De acordo com a colunista Malu Gaspar, do jornal O Globo, os magistrados conversaram entre si e com políticos a respeito da situação, e o ministro Luiz Fux, presidente do Supremo, deixou claro a senadores que a liminar de Barroso seria inevitável e que preferia que o presidente do Senado instalasse a CPI antes que a decisão foi tomada.

Barroso também sinalizou a Pacheco que teria de acolher o mandado de segurança impetrado pelos senadores Alessandro Vieira e Jorge Kajuru, ambos do Cidadania, na esperança de que ele se antecipasse. O ministro chegou a sugerir que havia tempo para o presidente do Senado agir.

A CPI da Covid-19 tem como objetivo apurar supostas omissões do governo federal no enfrentamento à pandemia. Rodrigo Pacheco classificou como “equivocada” a decisão de instalar a CPI, disse que ela poderá atrapalhar os esforços de combate à doença, mas que irá acatar a determinação do STF.

Veja também
+ Joice Hasselmann aparece com fraturas e diz acreditar ter sido vítima de ‘atentado’
+ Pintor é expulso de rodízio por comer 15 pratos de massa; assista
+ ‘Transo 15 vezes na semana’, diz Eduardo Costa ao revelar tratamento por vício em sexo
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago