Tecnologia & Meio ambiente

Furacão Zeta avança contra a costa sudeste dos Estados Unidos

Furacão Zeta avança contra a costa sudeste dos Estados Unidos

Imagem de satélite mostra o furacão Zeta na trajetória rumo ao Golfo do México - RAMMB/NOAA/NESDIS/AFP


Zeta atingiu na quarta-feira o sul dos Estados Unidos e se tornou um furacão de categoria 2 (em uma escala até 5), com ventos perigosos, grandes ondas e fortes chuvas, enquanto os moradores da Louisiana ficaram sem energia elétrica.

O furacão “se movimenta rapidamente através do Mississippi e Alabama, com ondas perigosas, fortes ventos e chuva pesada”, afirmou o Centro Nacional de Furacões (NHC) no boletim de 6H00 GMT (3H00 de Brasília).

O fenômeno perdeu um pouco de força, com ventos de até 130 km/h durante a noite de quarta-feira.

O governador do Mississippi, Tate Reeves, declarou estado de emergência.

O NHC suspendeu uma advertência de furacão para Nova Orleans, na Louisiana, estado repetidamente afetado por tempestades este ano, mas o governador John Bel Edwards pediu às pessoas que permaneçam em casa.

As equipes de emergência de Nova Orleans alertaram para a queda de árvores e postes de energia elétrica.

+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça

Edwards informou que as residências de quase 500.000 pessoas estavam sem energia elétrica.

As autoridades pediram aos moradores que abandonem áreas vulneráveis ou estoquem material de emergência, comida, água e medicamentos para pelo menos três dias.

Um toque de recolher foi decretado nas zonas da costa mais vulneráveis.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, aprovou a declaração do estado de emergência para a Lousiana na terça-feira à noite, o que permite a liberação de recursos federais.

Zeta atingiu a Louisiana a seis dias das eleições presidenciais, mas não deve afetar o processo, já que a votação antecipada já acabou no estado.

Os moradores de Nova Orleans se prepararam com proteções nas janelas e o deslocamento de veículos e barcos para áreas elevadas. Em algumas áreas, sacos de areia foram empilhados para evitar potenciais inundações.

Esta é a quinta grande tempestade que afeta a Louisiana este ano.

A área de Nova Orleans está em alerta permanente, mas até agora os piores efeitos aconteceram em cidades como Lake Charles, 320 quilômetros ao oeste, perto da fronteira com o Texas.

Desta vez, no entanto, as autoridades pediram que a população acompanhasse os alertas devido ao risco de ventos perigosos e de danos na rede de energia elétrica.

Veja também
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Nua, Cleo Pires exibe tatuagens em novos cliques
+ Nova Honda CG 160 2022, veja as novidades, preço e ficha técnica
+ Ex-parceiro de Cristiano Araújo é encontrado morto
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago