Ediçao Da Semana

Nº 2742 - 12/08/22 Leia mais

Dois funcionários da empresa Neoenergia Distribuição Brasília cortaram cabos de fibra óptica e interromperam o fornecimento de internet em 28 órgãos do Governo do Distrito Federal na última quinta-feira (9). Eles foram presos em flagrante.

De acordo com reportagem do portal R7, foram prejudicados, por exemplo, Corpo de Bombeiros, Polícia Civil e até as unidades de pronto atendimento, além do Tribunal de Justiça do DF.

Os dois homens foram flagrados retirando estruturas de conexão de rede dos postes sob concessão da Neoenergia. Na delegacia, os dois foram autuados pelo crime de interrupção de serviços telemáticos. Porém, eles pagaram fiança no valor de R$ 1,5 mil e foram liberados.

Por meio de nota, a empresa Neoenergia Brasília afirmou que os profissionais “estavam exercendo regularmente suas funções, cumprindo a legislação em favor da sociedade, removendo cabos não identificados e que ofereciam risco de segurança à população”.