Geral

Funcionárias de UPA são agredidas por acompanhante de paciente

Crédito: Reprodução

Duas funcionárias de uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Bauru, interior de São Paulo, foram agredidas por uma acompanhante de um paciente que aguardava atendimento.

Segundo o UOL, uma mulher chegou pouco antes das 12h da última terça-feira (16) na UPA acompanhando um paciente que, de acordo com os funcionários do local, não se enquadrava em caso de prioridade. Mesmo assim, o rapaz recebeu classificação prioritária.

De acordo com funcionárias da unidade de saúde, em menos de 15 minutos de espera, a acompanhante começou a se alterar e passou a arrumar confusão, entrando em agressões contra uma enfermeira e uma técnica de enfermagem.

A enfermeira foi identificada como Juraci Maria Fernandes, de 54 anos. Ela foi agredida verbalmente antes de ser empurrada e sofrer ameaças. A agressora teria acertado o rosto e quebrado os óculos da profissional de saúde.

Já a técnica de enfermagem se chama Lilian de Farias Silva, e tem 29 anos. Ela tentou separar a briga e acabou levando um soco no rosto.


+ Atleta de Jiu Jitsu morre aos 30 anos de Covid 15 dias após perder o pai pela doença
+ Após ameaças, soldada da PM denuncia coronel por assédio sexual
+ Mulher morre após ingerir bebida alcoólica e comer 2 ovos



Em entrevista ao UOL, uma funcionária que pediu para não ser identificada confirmou as agressões e afirmou que não é um fato isolado. Ela afirmou que casos de violência verbal são frequentes, mas outros pacientes já partiram para a agressão física. “Semana passada uma médica apanhou aqui dentro”, relatou.

Por meio de nota, a Prefeitura de Bauru informou que acionou a empresa de segurança, que é terceirizada, por conta do fato e irá apurar a ocorrência. “A Secretaria de Saúde informa que uma acompanhante de um paciente da UPA Ipiranga agrediu duas funcionárias da Unidade na tarde desta terça-feira, 16. As servidoras registraram Boletim de Ocorrência contra a agressora, que chegou na Unidade havia 14 minutos. A Secretaria também notificou a empresa de vigilância, uma vez que o vigia não interveio na agressão”, dizia o comunicado.

Veja também

+ Tenha também a Istoé no Google Notícias
+ Canadá anuncia primeira morte de pessoa vacinada com AstraZeneca no país
+ Yasmin Brunet comemora vitória de Gabriel Medina
+ Decifrado código dos Manuscritos do Mar Morto
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Receita de moqueca de peixe simples e deliciosa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS