Ediçao Da Semana

Nº 2741 - 05/08/22 Leia mais

Comemoração e preocupação: apoiada por 5 mil torcedores entusiasmados, a seleção francesa venceu a Bulgária por 3 a 0, em amistoso nesta terça-feira, em Saint-Denis (periferia de Paris), embora a noite não tenha sido perfeita devido à substituição por lesão de Karim Benzema, sete dias antes da estreia dos ‘Bleus’ na Eurocopa.

Com domínio absoluto da partida, a França demorou um pouco para abrir o placar. Antoine Griezmann foi quem balançou as redes primeiro, aos 29 minutos, e quando parecia que a partida terminaria com uma vitória por 1 a 0, Olivier Giroud, que entrou no lugar de Benzema, fez uma dobradinha inesperada na reta final da partida (aos 83 e 90 minutos).

O amistoso teve hino cantado com emoção nas arquibancadas, uma infinidade de bandeiras tricolores, boa temperatura e os gols de Giroud… A noite estava programada para ser do reencontro da seleção francesa com sua torcida.

Mas o clima de festa foi interrompido quando Benzema teve que deixar o campo do Stade de France, aos 39 minutos de jogo, com dores acima do joelho direito.

“Foi uma pancada”, tranquilizou o técnico da França Didier Deschamps, explicando no canal de televisão M6 que “não há risco”.

O atacante de 33 anos, de volta aos ‘Bleus’ depois de cinco anos e sete meses, se machucou depois de um cruzamento em que não se apoiou bem e saiu mancando do estádio recebendo aplausos calorosos dos milhares de espectadores nas arquibancadas.

Embora as primeiras notícias sejam muito boas sobre as chances de Benzema se recuperar para a estreia na Euro contra a Alemanha em Munique, os próximos dias serão uma corrida contra o tempo para a equipe médica.

Deschamps comemorou o resultado. “Poderíamos ter feito mais gols, mas tivemos duas boas atuações. Agora é a competição e só existe essa verdade que conta”, garantiu o treinador diante das câmeras do M6.

ama-we/gh/dr/aam

M6 – METROPOLE TELEVISION SA