Mundo

França anuncia testes em passageiros de áreas consideradas de risco

França anuncia testes em passageiros de áreas consideradas de risco

O porta-voz do governo francês, Gabriel Attal, em 7 de julho de 2020 em Paris - POOL/AFP/Arquivos

A França vai organizar sistematicamente testes virológicos para detectar a COVID-19 em seus aeroportos nos passageiros procedentes de países de risco, anunciou neste domingo o porta-voz do governo, Gabriel Attal.

“Vamos testar no aeroporto os viajantes que vêm dos países denominados ‘vermelhos’, ou seja, dos países com mais circulação do coronavírus”, declarou o porta-voz ao canal BFMTV.

Ele citou a possibilidade de realizar até 2.000 testes diários.

“Os que fizeram um teste em seu país de origem não terão que voltar a fazê-lo quando chegam a Paris, à França. Mas terão que apresentar a prova de que fizeram o exame”, completou.

O ministro da Saúde, Olivier Véran, afirmou na sexta-feira que estava trabalhando para organizar nos aeroportos testes de saliva para os passageiros procedentes de um país de risco. Os exames serão “propostos”, já que “ninguém pode ser forçado a se submeter a um teste”, explicou.

+ Consulado chinês nos EUA é fechado e provoca nova crise
+ As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

Os testes rápidos de diagnóstico de infecção estão sendo validados pelas autoridades de saúde.

Sobre a máscara, que não tem uso obrigatório na França, 14 médicos renomados pediram no sábado a aprovação da obrigatoriedade de uso do produto em locais públicos fechados para evitar novos focos de COVID-19, que provocou mais de 30.000 mortes no país.

Veja também

+ Funcionário do Burger King é morto por causa de demora em pedido

+ Seu cabelo revela o que você come (e seu nível socioeconômico)

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Bolsonaro veta indenização a profissionais de saúde incapacitados pela covid-19

+ Nascidos em maio recebem a 4ª parcela do auxílio na quarta-feira (05)

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?