Cultura

Foto de ovo quebra recorde de Kylie Jenner e é foto mais curtida do Instagram

Em 6 de fevereiro de 2018, Kylie Jenner publicou uma foto no Instagram que logo se tornou a imagem mais curtida da rede social: o primeiro clique com a filha Stormi. O recorde permaneceu com a jovem de 21 anos até o último domingo, 13, quando uma nova postagem chegou à primeira posição.

Na imagem, nada de bebês recém-nascidos, cachorros fofinhos ou comidas deliciosas: o que derrubou o recorde de Kylie foi a foto de um ovo.

A conta foi criada no início de janeiro afirmando ter como único objetivo quebrar o recorde da empresária. Até a publicação desta reportagem, o número de curtidas já ultrapassava 40,7 milhões, mais que o dobro do recorde anterior, que no momento está com 18,5 milhões.

+ “Filho é um inferno e atrapalha”, diz Fábio Porchat sobre não querer ser pai

Em resposta ao novo recorde, Kylie publicou um vídeo em tom de brincadeira em sua conta. “Primeiro vamos sentir o chão. Está muito quente”, diz enquanto toca o asfalto. Em seguida, ela quebra um ovo no chão e o assiste cozinhar.

Confira as publicações abaixo:

Clique aqui

+ Polícia aborda ambulância com sirene ligada e descobre 1,5 tonelada de maconha

Clique aqui

Veja também

+ A incrível história do judeu que trabalhou para os nazistas na Grécia
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por desconto de até 50% na parcela
+ Novo Código de Trânsito é aprovado; veja o que mudou
+Jovem é atropelado 2 vezes ao tentar separar briga de casal em Londrina; veja o vídeo
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel
+Vídeo mostra puma perseguindo um corredor em trilha nos EUA
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês
+ Por que não consigo emagrecer? 7 possíveis razões
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Educar é mais importante do que colecionar
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea