Esportes

Fortaleza visita Alianza para se manter vivo na Libertadores e espantar crise


O Fortaleza faz nesta quarta-feira uma das partidas mais importantes da temporada. Não podendo pensar em outro resultado que não seja a vitória, o time visita o Alianza Lima, a partir das 23 horas (de Brasília), no Estádio Nacional, em Lima, no Peru, para se manter vivo na Copa Libertadores.

Essa é a penúltima rodada do Grupo F, na qual o Fortaleza está na terceira colocação, com quatro pontos. Ainda sem vencer, o Alianza Lima é o lanterna, com um empate apenas. A chave ainda tem o River Plate-ARG, com dez pontos, e o Colo Colo-CHI, com sete.

Se perder e o Colo Colo-CHI conseguir pelo menos um empate na quinta-feira, no Monumental de Núñez, em Buenos Aires, o Fortaleza vai precisar se contentar com uma vaga nas oitavas de final da Copa Sul-Americana, que fica com o terceiro colocado de cada chave da Libertadores.

Mais do que manter vivo o sonho de avançar às oitavas de final da Libertadores, a vitória sobre o Alianza Lima diminuiria a pressão em cima de Juan Pablo Vojvoda e seus comandados. Ainda sem ganhar no Brasileirão, o Fortaleza amarga a lanterna, com apenas um ponto em cinco partidas.

“Estou confiante contra o Alianza Lima. O funcionamento do time é bom. Temos homens que jogam futebol e que estão preparados para seguir na Libertadores. Temos que corrigir o caminho do Brasileirão e o foco agora tem que estar na próxima partida”, disse Juan Pablo Vojvoda.

Para o jogo, Vojvoda não vai poder contar com o goleiro Max Walef e o atacante Silvio Romero. O primeiro ainda se recupera de uma conjuntivite, enquanto o argentino foi expulso no empate com o River Plate e cumpre suspensão.

Diferentemente do Fortaleza, o Alianza Lima vive um bom momento na temporada e defende uma invencibilidade de quatro jogos, com três vitórias e um empate. A última derrota foi, inclusive, para o time cearense, por 2 a 1, no dia 27 de abril, na Arena Castelão, pela Libertadores.

No Campeonato Peruano, o Alianza Lima faz uma campanha de recuperação e, com seis vitórias seguidas, está na sexta colocação, com 23 pontos, a cinco do líder Melgar, que tem um jogo a mais.

A principal esperança de gols do Alianza Lima é o experiente Hernan Barcos. Ex-Palmeiras e Cruzeiro, o atacante de 38 anos ainda não balançou as redes na Libertadores, mas tem seis gols na atual temporada.