Mundo

Forças usam gás lacrimogêneo contra manifestantes antigovernamentais em Beirute

Forças usam gás lacrimogêneo contra manifestantes antigovernamentais em Beirute

A polícia e oficiais forenses trabalham no local da explosão no porto da capital libanesa, Beirute, em 5 de agosto de 2020. - AFP

As forças de segurança libanesas usaram gás lacrimogêneo nesta quinta-feira (6) para dispersar dezenas de manifestantes enfurecidos pela explosão de terça no porto de Beirute, que se tornou um símbolo da incompetência e corrupção das autoridades.

+ SP deve receber cinco milhões de doses de vacina chinesa em outubro, diz Doria

Os manifestantes destruíram lojas e jogaram pedras na polícia no bairro do parlamento, segundo a Agência Nacional de Informações.

A polícia reagiu e vários manifestantes ficaram feridos, de acordo com a agência.

Esses incidentes foram registrados às vésperas de uma grande manifestação antigovernamental, programada para sábado no país imerso em uma crise econômica sem precedentes.

A enorme explosão de terça-feira foi causada por um incêndio em um armazém no porto de Beirute, onde 2.700 toneladas de nitrato de amônio estavam armazenadas por seis anos.

A catástrofe deixou pelo menos 149 mortes, 5.000 feridos e dezenas de desaparecidos, além de deixar centenas de milhares de pessoas desabrigadas.

As autoridades libanesas dizem que o armazém explodiu após um incêndio.

As autoridades portuárias, alfandegárias e alguns serviços de segurança estavam cientes de que produtos químicos perigosos estavam armazenados lá. Eles se culpam mutuamente pela tragédia.

Veja também

+Cidadania divulga calendário de pagamentos da extensão do auxílio emergencial

+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’

+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arqueólogo leva 36 anos para montar maquete precisa da Roma Antiga

+ Jovem é suspeita de matar namorado com agulha de narguilé durante briga por pastel

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ Por que não consigo emagrecer? 7 possíveis razões

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea