Ediçao Da Semana

Nº 2742 - 12/08/22 Leia mais

Em contraste com a Libra, um acordo foi formalizado, nesta terça-feira (28), para a criação da Liga Forte do Futebol do Brasil. Com 25 clubes das Séries A e B, o grupo pretende fechar negociações com base nos interesses das equipes e mais para frente formar um único bloco.

Para fechar o acordo, representantes dos 25 clubes estiveram na manhã desta terça-feira na sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para poder definir a criação da liga. As informações são do GE.

A discussão para definir uma liga que represente todos os clubes, a Libra foi criada, mas divergências por conta das porcentagens na divisão do dinheiros dos direitos de transmissão fez surgiu um outro grupo. Além dos direitos televisivos, não houve concordância para o rateio de outras receitas.

A ideia da Libra era dividir os direitos de transmissão em 50 % igualmente, 25% proporcionais à performance esportiva e 25% em relação ao engajamento e audiência. No entanto, os clubes que criaram a Liga Forte Futebol do Brasil entendem que a porcentagem mais justa seria de 40-30-30.

Confira a nota oficial:

Reunidos no Rio de Janeiro, representantes de 25 clubes acabam de assinar a Ata de constituição da Liga Forte Futebol do Brasil, inclusive com a formalização de Estatuto. A Liga já nasce com 62.5% dos clubes das Séries A e B do Campeonato Brasileiro. Clubes que integram a Liga Forte Futebol do Brasil:

• Athletico PR

• Atlético MG

• América-MG

• Atlético-GO

• Avaí

• Brusque

• Chapecoense

• Coritiba

• Ceará

• Criciúma

• CRB

• CSA

• Cuiabá

• Fluminense

• Fortaleza

• Goiás

• Internacional

• Juventude

• Londrina

• Náutico

• Operário

• Sampaio Corrêa

• Sport

• Vila Nova

• Tombense