Economia

FMI projeta alta de 7% para PIB dos EUA em 2021 e de 4,9% para 2022


O Fundo Monetário Internacional (FMI) projeta crescimento de 7% do Produto Interno Bruto (PIB) dos Estados Unidos em 2021 e de 4,9% em 2022. Em relatório sobre a economia do país divulgado nesta quinta-feira, a entidade afirma que o apoio monetário e fiscal “sem precedentes”, combinado com o recuo no número de casos de covid-19, deve fornecer impulso “substancial” à atividade econômica nos próximos meses.

“A poupança diminuirá, a demanda por serviços presenciais retornará e os estoques serão reconstruídos”, diz o FMI no documento publicado nesta quinta.

A instituição ressalva que leva em consideração que os pacotes fiscais propostos pelo presidente americano, Joe Biden, serão aprovados no Congresso.

O FMI também prevê que a inflação medida pelo índice de preços dos gastos com consumo (PCE, na sigla em inglês) fique em 4,3% em 2021 e em 2,4% em 2022. Já o núcleo do PCE, segundo as projeções da entidade, deve alcançar 3,7% neste ano e desacelerar para 2,4% no próximo.

“As expectativas de inflação também devem permanecer bem ancoradas. No entanto, as tendências da inflação subjacente serão obscurecidas nos próximos meses por movimentos transitórios significativos nos preços relativos”, diz o comunicado do FMI.

Veja também
+ Em pose sexy, Cleo Pires afirma: "Amando essa minha bunda grande"
+ Viih Tube é elogiada por look transparente com fio-dental após ataque de haters
+ Corpo de jovem desaparecido é encontrado em caçamba de lixo
+ Vídeo: Apresentadora é arrastada por cachorro durante programa ao vivo
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Vídeo: família é flagrada colocando cabelo na comida para não pagar a conta
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Instituto Gabriel Medina fecha portas em Maresias
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio